quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Pois bem,

e não é que aconteceu mesmo, a coisa mais comicamente weird dos últimos tempos? Deus é bem-humorado, felizmente bem-humorado e também cuidadoso com esta fiota aqui. Ele é - Chesterton endossa! - mais jovial que eu, essa velha rabugenta de anágua, que ficava ralhando com a mãe, arranjando desculpas pra fugir do vestibular, pensando que não conseguiria, que não faria nada, que acabaria o ano (e ocasionalmente até a vida) em casa vendo Casos de Família na tv. Pois bem, a partir de março (meu mês, by the way), serei uma jovialíssima primeiranista do curso de Licenciatura em Música da Universidade Estadual Paulista (aqui é onde todos vocês dizem: "ui!").

E cá entre nós, ainda não sei, mas se esse mesmo Deus tão jovial, cuidadoso e bom desejar, serei também aluna do curso de flauta transversal da casinha antiga e azul na rua do centro cultural Vergueiro, de um dos melhores conservatórios da américa latina, da tão querida Escola Municipal de Música. Disso, só fico sabendo na semana que vem. Mas, céus... Esse será um ano bom. Um ano smashing, positively dashing. Ou ainda thrilling, absolutely chilling.

2 comentários:

guilherme disse...

ui! =]

daniel disse...

Parabéns, Fer. Que o Senhor continue abençoando-a imensamente.

Ah, e: ui! também.

Postar um comentário